Praia do Osso da Baleia

Praia do Osso da Baleia – Foto de Portuguese Eyes @Flickr

A Praia do Osso da Baleia situa-se junto à Mata Nacional do Urso – Pombal. Deve o  seu  nome  ao  aparecimento  de  um  esqueleto de baleia que, segundo testemunhos orais, terá dado  à  costa  naquele  areal  no  início  do  século XX.  Desde 1998 é considerada Praia Dourada por apresentar valores singulares do ponto de vista geológico, florístico, faunístico, paisagístico e patrimonial.

Em 2004 recebeu o galardão Bandeira Azul renovando-se o mesmo título, ano após ano. Desde 2005, a praia recebeu também o galardão Praia Acessível, oferecendo condições e infraestruturas para pessoas com mobilidade condicionada.

Nesta zona de singular beleza, recentemente recomendada num artigo do canal americano CNN. Pode ainda explorar a envolvente, bem como alguns aspetos associados à fauna e flora, realizando os percursos pedestres “Trilho da Lagoa de São José” e “Trilho da Baleia Verde”.

Lenda da Praia do Osso da Baleia

Conta-se que há muito, muito tempo, uma baleia muito grande deu à costa, despertando grande curiosidade e falatório. Foram muitas as pessoas que à praia acorreram para ver o animal. Durante vários dias, a praia permaneceu repleta de pessoas. Sendo que alguns homens se apresentavam com carros de bois para levar a carne da baleia. Embora esta já estivesse sem cabeça, dava para perceber que era enorme.

Face à presença de tantas pessoas na praia, a população decidiu permanecer a baleia mais algum tempo em “exposição”, para os curiosos observadores. Posteriormente descarnaram-na e transportaram o resto da sua carne nos carros de bois, para os fins que lhe eram destinados (óleo). O osso da baleia foi então arrastado para o cimo da costa da praia e ali ficou. Os mais curiosos, quando passavam por aquelas bandas, perguntavam o que era e respondiam-lhes: “É o osso da baleia”. Por isso, desde então, aquela praia ficou conhecida pelo Osso da Baleia.

Adaptado de cm-pombal.pt