Vilarinho de Negrões Vive Entre as Águas Calmas do Alto Rabagão

Vilarinho de Negrões

Vilarinho de Negrões é considerada uma das aldeias mais bonitas e Pitorescas de Portugal. Não só pela preservação de suas casas mas principalmente por se encontrar sobre uma estreita e bela península, na margem sul da Albufeira do Alto Rabagão.

Foto de Gabriel González @ Flickr

 

No centro da aldeia ainda existe o tanque comunitário onde as roupas são lavadas; as hortas onde são colhidos os vegetais ou os caminhos que o gado percorre, todos os dias, ao raiar do dia e à chegada da noite.

A calma rege a aldeia e os caminhos que a ela vão dar. Até porque as gentes da terra dedicam os dias à agricultura.

Um passeio por Vilarinho de Negrões servirá para entrar no espírito rural e apreciar as construções em pedra granítica. Maravilhe-se com a barragem, uma das cinco daquele concelho, e que se estende por uns magníficos 14 quilómetros.

Barragem do Alto Rabagão

A construção da Barragem do Alto Rabagão foi iniciada em 1958 e concluída em 1965. Determinou a submersão de dois mil e duzentos hectares de terras planálticas, de pastagem e cultivo. Tal constituiu urna quebra na produção cerealífera e criação de gado na região Barrosã. Veio alterar a paisagem natural desta área e dota-Ia de um lago artificial.

Barragem do Alto Rabagão – Foto de Gabriel González @ Flickr

A albufeira tem uma altura máxima de 90 metros e mais de 10 km de extensão. Atinge uma cota máxima aos 880 metros e a sua capacidade de armazenamento é de 559 milhões de metros cúbicos. Esta albufeira tem classificação de utilização livre, o que permite a realização de atividades sem restrição. Para alem de abastecer o país de energia, oferece excelentes condições para a pesca, banhos e desportos náuticos tais como a natação, a navegação a motor, competições desportivas e a navegação recreativa: remo e vela.

Adaptado de: cm-montalegre.pt