Montemor-o-Novo Fez o Maior Talego do Mundo

Um imponente talego

Um imponente talego “O maior do mundo” foi feito por mais de 60 Alentejanas, tem 10 m de comprimento e 8 m de largura. Tendo sido utilizados mais de 160 m2 de tecido e 11 000 m de linha. Para o erguer foi necessária uma grua.

Foto de quiosques-montemoronovo.com

O termo “talego” pode parecer estranho a quem não conhece a cultura Alentejana. O talego é uma espécie de bolsa, ou saco, feito de retalhos de tecido cosidos uns aos outros. Têm diversos tamanhos consoante o fim a que se destinam. Antigamente os mais pequenos serviam para guardar e levar o pão e os condutos (queijo/chouriço) para a merenda no trabalho do campo. Os maiores podiam guardar o pão da cozedura semanal, cereais, etc…

Com a vulgarização dos sacos de plástico, este termo, até no Alentejo começou a cair em desuso.  Veio novamente a estar na moda quando os sacos plásticos começaram a ser comercializados pelos supermercados. Se bem que só as senhoras mais idosas até agora sabiam fazer talegos começa a surgir cada vez mais o interesse da geração mais nova para aprender esta arte.

Talegos – Foto de quiosques-montemoronovo.com

O maior Talego do Mundo foi feito em São Cristovão – Montemor-o-Novo e contou com a participação de mais de 60 pessoas que abraçaram o desafio para a concretização desta obra, que representou a terra, as tradições e o espírito comunitário, e que ao mesmo tempo pretendeu chamar a atenção para a reciclagem e a reutilização de materiais.